CRESCEI NA GRAÇA DO CONHECIMENTO

2 Pd 3.18 – “Cresçam, porém, na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo”.

Graça e Conhecimento andam juntos. Ele [o conhecimento] é fruto dela [a graça]. Portanto, uma vez alcançados pela graça de Deus, o conhecimento se processa no interior do agraciado. Pois graça nada mais é do que o conhecimento da Pessoa e Obra de Cristo.

Nas palavras de Jesus, este processo acontece em duas dimensões simultâneas: Escrituras e poder de Deus. Isto porque, sendo Jesus o Verbo [Palavra] encarnado e revelado nas Escrituras Sagradas, qualquer que, de fato, vier conhecê-lo pelas Escrituras, conhecerá a magnitude do poder de Deus.

Fico a pensar na possibilidade genuína de se conhecer as Escrituras como Palavra de Deus e não conhecer o poder de Deus. Ambos se alcançam pela ação da graça divina no coração de todo aquele que nEle crê e o busca de todo o coração.

Só há possibilidade de dissociar Escrituras de poder de Deus no caso de se buscar a Escritura apenas como livro sagrado, mas não como Palavra de Deus revelada no coração. Ou, ainda, dissociar graça de conhecimento se o indivíduo confundir graça com liberalismo ou libertinagem e não como ação divina no coração humano.

Sim! Graça verdadeira é um processo contínuo de conhecimento da Pessoa de Cristo. Não há outro processo de conhecimento de uma pessoa se não pelo convívio contínuo, fiel e inseparável. Nesta caminhada e peregrinação alcança-se a consciência de

quem éramos sem Ele,

Ef 2.1 – “Vocês estavam mortos em suas transgressões e pecados, nos quais costumavam viver, quando seguiam a presente ordem deste mundo e o príncipe do poder do ar, o espírito que agora está atuando nos que vivem na desobediência”

quem somos Ele,

1 Pd 2.9 – “Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz”

e de quem haveremos de ser nEle e para Ele,

1 Jo 2.1 – “Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser, mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, pois o veremos como ele é”.

Só desta forma sobreviveremos a tudo o que opera em nossos dias em nome ou sem o nome de Deus, mas que de uma forma ou outra é nociva a tudo o que vem dEle.

Por isso, faz-se mais do que necessário este crescer sadio, leve, saudável, contínuo e maduro na Graça do Conhecimento de Cristo Jesus.

Este conhecimento não é produção da teologia da terra, nem de experiências pessoais, mas do encontro genuíno com a Pessoa de Jesus e da caminhada diária com Ele.

Digo isto em razão de perceber o quanto os que se dizem discípulos de Cristo pouco se interessam por conhecê-lo melhor através das Escrituras.

Infelizmente ainda se constata que o grande interesse em Jesus ainda repousa sobre o que Ele pode fazer e não no que Ele É.

Enquanto não atentarmos para a necessidade deste crescimento contínuo na Graça e no Conhecimento de Jesus, jamais poderemos expandir o Reino de Deus nesta terra, e ainda seremos bombardeados por tudo o que não é Palavra de Deus e nem mensagem do reino.

Pense nisso!

Adriano Moreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *