QUANDO A RELIGIÃO VALE MAIS QUE A VIDA

Jo 5.9-18

Introdução: Deus não nos chamou para nada que não seja vida. Jesus declarou-se ser a Vida. Por isso, a verdadeira religião é a da Vida. Neste episódio relatado por João vemos os desdobramentos de uma religião que não promove a Vida.

 

  1. COISAS VALEM MAIS DO QUE PESSOAS (v.10)
  • Eles se preocuparam com uma cama que estava sendo carregada, mas não celebrava o fato de um paralítico poder carregá-la.
  • Para eles a guarda do sábado era mais importante do que a cura de uma vida.

 

  1. OS MÉTODOS VALEM MAIS DO QUE OS RESULTADOS (vs.11-13)
  • Aqui não se trata de “os fins justificarem os meios”., mas de métodos que se tornam mais importantes que o bem da vida.
  • Neste caso, o dia em que o milagre aconteceu era mais importante do que o próprio milagre.
  • Desde que gere vida, não importam os meios. Até por que, só o amor é capaz de gerar vida.
  • Amor se justifica sempre.

 

  1. A PROPAGANDA VALE MAIS QUE A DISCRIÇÃO (vs.13,15)
  • Ao contrário dos movimentos religiosos hodiernos, Jesus não fez autopromoção de si mesmo, mas ausentou-se por causa da multidão.
  • A espiritualidade que produz vida prima pela discrição.
  • Em Jesus não havia propaganda de nada.

 

  1. O EXTERIOR TEM MAIS IMPORTÂNCIA QUE O INTERIOR (v.14)
    • Jesus sabia que a causa daquela enfermidade era o pecado daquele homem. Por isso o adverte a não pecar mais.
    • Tanto Jesus não expôs a situação do homem, como deixou para tratá-la no momento certo.
    • Ao contrário da religião; que tanto expõe a vergonha humana, como dá mais importância ao exterior.
  2. AS LEIS HUMANAS VALEM MAIS DO QUE AS DIVINAS (vs.16-18)
    • Jesus faz a declaração de que o Pai sempre trabalhou produzindo vida, por isso ele também trabalhava produzindo vida.
    • Na religião, seguir aos homens é mais importante que seguir a Deus.

CONCLUSÃO: O homem não precisa de religião, o homem precisa de vida. Só Jesus é a Vida!

Adriano Moreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *